ARQUITETA FERNANDA DG

Desde criança eu era arquiteta e não sabia. Gostava de brincar de montar casas com paredes de dominó em cima da escrivaninha, desenhava plantas e perspectivas de casas à mão e em programas de computador, por diversão. Meu pai teve também sua influência, já que gostava da área e projetou nossa casa, mesmo sem trabalhar com isso. Depois desenhou os móveis. E eu só olhando e gostando da coisa.

Esse foi meu hobby desde a infância até a hora de escolher a faculdade. Prestei vestibular só para o Mackenzie, pois era lá que eu queria estudar, e foi lá que me formei, em 2003, no curso de Arquitetura e Urbanismo.

Depois de fazer estágios e trabalhar em escritórios, lojas e também como autônoma em vários estados do Brasil, onde morei, resolvi criar o site para poder compartilhar ideias com as tantas pessoas que percebi que se interessam pelo assunto, colocando para fora todo meu potencial criativo e tentando mostrar um lado da arquitetura que muitas vezes fica esquecido no planejamento dos espaços.

Para mim, esse planejamento tem que ser funcional e visualmente harmônico, mas não deve parar aí, como muitas vezes acontece. É importante projetar com base nas sensações e conceitos que se deseja transmitir em cada ambiente e com cada construção, pensando de maneira abrangente e cuidadosa, com atenção aos efeitos que construções e ambientes são capazes de gerar e às expectativas de cada  pessoa.

(Ver também: “A Importância da Visão do Todo em Arquitetura e Urbanismo“, “A Psicologia da Arquitetura” e “Sensação Causada pelos Materiais na Decoração“)

Em paralelo, busco otimizar a questão custo-benefício, criando soluções que tenham bons resultados sem desperdícios, além de buscar, sempre que possível, alternativas mais sustentáveis.

(Ver também: “Como Baratear as Construções sem Perder a Qualidade” e “Mitos sobre Sustentabilidade“)

Para saber mais você pode meus artigos ou então ver alguns projetos.

E seja bem-vindo(a) ao site, espero que as dicas possam lhe ajudar!

23 thoughts on “ARQUITETA FERNANDA DG”

  1. Olá, Fernanda! Preciso de orientação para compra de lustre que ficará sobre a mesa de jantar.
    Acontece que os donos anteriores fizeram um trabalho com gesso que delimita um recorte em cima da mesa deles, que era muito grande, para 8cadeiras. Então, , no teto tem uma marcação.
    Eu tenho uma mesa de 1,20m, pequeno sofá, o qual ficou colocado cerca de 50 cm dentro do recorte do teto. Deu pra entender? Rsrs.
    Enfim, qual tipo é tamanho de lustre eu poderia comprar? Tenho pesquisado lustres de cristal!
    Grata.
    Rosana.

    1. Olá, Rosana! Acho que entendi! rs. O lustre de cristal é uma boa opção mesmo, principalmente se for colocado alinhado com o centro da mesa, pois ele chama atenção e destaca a mesa, tirando o foco do recorte no teto. Apenas não escolha um modelo grande demais, para não ficar desproporcional em relação ao tamanho da mesa. Um lustre de cristal ou outra opção chamativa com cerca de 30 ou no máximo 40cm de diâmetro deve ficar legal. Abraços, espero ter ajudado. 🙂

Deixe uma resposta para Mirella Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas e ideias de arquitetura e decoração da arquiteta Fernanda DG