CARTILHA GRATUITA SOBRE TÉCNICAS DE BIOCONSTRUÇÃO

O Ministério da Saúde disponibiliza uma cartilha online com várias técnicas de bioconstrução, que têm como premissa a redução do impacto ambiental na hora de construir.

Sobre a bioconstrução

Um dos princípios básicos da bioconstrução é utilizar elementos naturais para erguer a casa, de preferência aqueles que estejam disponíveis na região. Outro ponto importante que ela apresenta é a possibilidade de construir com as próprias mãos, gerando autonomia e também economia.

A bioconstrução é o tipo de construção utilizado na permacultura, que é o estilo de vida que visa agredir minimamente o meio-ambiente e garantir meios de subsistência dentro de casa ou em uma comunidade unida por esforços coletivos. Existem diversas técnicas de bioconstrução, baseadas em materiais naturais diversos, como terra, bambu, palha e outros.

As técnicas apresentadas na cartilha de bioconstrução são:
  • Superadobe
  • Adobe
  • Cob
  • Taipa de Mão
  • Taipa de Pilão
  • Solocimento
  • Fardos de Palha
  • Ferrocimento

No final da cartilha, tem também algumas dicas sobre saneamento ambiental, com instruções para fazer a captação e o reaproveitamento da água, além do sanitário seco, que transforma os dejetos em adubo para a horta da casa, sem contaminação ou mau-cheiro.

Como baixar a cartilha de bioconstrução:

Para visualizar a cartilha gratuitamente, e se quiser salvar no seu computador, é só clicar aqui. Ele é feito para qualquer pessoa, que tenha conhecimentos anteriores sobre o assunto ou não.

bioconstrução -adobeCasa de adobe em Santa Fé, no México. Imagem: Pixabay.

E aqui no site você também pode ver algumas informações sobre algumas dessas técnicas, como o Superadobe e o COB, que são feitos à base de terra, ou sobre o Tijolo Ecológico, que é outro nome para os blocos de solocimento.

Veja também os posts: “Materiais de Construção Sustentáveis” e “Mitos sobre Sustentabilidade

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Uma ideia sobre “CARTILHA GRATUITA SOBRE TÉCNICAS DE BIOCONSTRUÇÃO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *