COMO COBRIR PISOS EXISTENTES

Existem algumas formas de cobrir pisos existentes, evitando o trabalho, a sujeira, o gasto e o acúmulo de entulho que seriam gerados pela sua retirada.



Quais pisos podem ser cobertos

A maior parte dos pisos pode ser coberta, mas alguns deles só podem ser cobertos por materiais específicos ou após conserto e nivelamento. Quanto mais liso estiver o piso, mais fácil será para ser coberto por outro material.

Sendo assim, os pisos mais difíceis de serem cobertos são os pisos de pedras irregulares, onde cada uma tem altura diferente uma da outra, ou então pisos cerâmicos que estejam com peças quebradas ou soltas.

E de qualquer forma, é preciso contar com o aumento de espessura do piso, que é maior em alguns materiais e menor em outros, mas sempre irá acontecer. Então é importante checar se o aumento da altura final do piso irá funcionar no contato com portas ou soleiras, que talvez tenham que ter seu tamanho adaptado.

Opções para cobrir pisos existentes

Confira alguns materiais que podem ser usados para cobrir pisos existentes:

  • Pintura para cobrir pisos existentes

Pintar o piso existente é uma opção relativamente prática e econômica, e funciona bem para pisos irregulares. A única desvantagem é a durabilidade, que não é das maiores. Para aumentar a resistência, podem ser usadas tintas do tipo epóxi, que são mais fortes. E por pintura convencional entende-se a simples cobertura do piso com uma cor diferente, mantendo visíveis os rejuntes e os relevos existentes. (Ver também: “Como Pintar Cerâmica“)

  • Piso resinado para cobrir pisos existentes

Imagem: Epoxitec (Curso de Porcelanato Liquido)

O piso resinado pode ser de epóxi e poliuretano, e é uma espécie de pintura, porém nesse caso é uma pintura que deixa o piso todo liso, sem rejuntes.

Dependendo do tipo de resina utilizada, pode ser feita a aplicação por rolo, após fechar todos os rejuntes do piso existente, ou então pelo sistema “autonivelante”, que consiste basicamente em jogar a resina em forma líquida sobre o contrapiso ou piso existente e deixá-lo se nivelar automaticamente. Saiba mais sobre os pisos de resina, também conhecidos como “porcelanato líquido”, nesse post aqui do site, ou saiba especificamente sobre o piso autonivelante aqui.

  • Piso vinílico para cobrir pisos existentes

piso vinílico para cobrir pisos existentesImagem: Faz Simples

O piso vinílico é versátil, pois tem muitas opções de acabamento, inclusive imitando outros materiais, e também é confortável, pois tem textura e temperatura agradáveis (Saiba mais sobre os tipos de piso vinílico aqui). Ele pode ser usado para cobrir pisos existentes na versão em manta ou então em placas de colar ou de encaixar, que são mais resistente e bonitas.

Mas qualquer piso vinílico só pode ser usado em ambientes internos e secos, e o piso existente deve estar bem nivelado.

  • Porcelanato slim para cobrir pisos existentes

como cobrir pisos existentesImagem: Faz Simples

O porcelanato slim é um tipo de porcelanato mais fino, e que requer uma camada mais fina de argamassa de assentamento. Ele foi feito especialmente para cobrir pisos existentes sem interferir muito na altura final do piso como um porcelanato comum, e está disponível em diversas marcas. Saiba mais sobre o porcelanato slim aqui.

  • Tapetes modulares para cobrir pisos existentes

Os tapetes modulares podem ser montados no tamanho que se quiser, cobrindo o piso de ambientes inteiros como se fosse um carpete. A vantagem é que ele cobre bem praticamente qualquer tipo de piso, por ser flexível e não se quebrar, e a desvantagem é seu custo, que é mais alto do que o de carpetes comuns por ser modular.

Outra opção similar é usar o piso emborrachado de EVA, que também é modular e pode cobrir pisos. Pode ser uma boa alternativa em quartos infantis, brinquedotecas ou salas de ginástica.

  • Grama sintética para cobrir pisos existentes

A grama sintética também funciona como uma espécie de tapete, cobrindo bem qualquer tipo de piso existente, mesmo com algumas irregularidades sutis. Pode ser uma opção para cobrir pisos existentes no quintal, como cerâmicas, pedras ou cimento. Saiba mais sobre a grama sintética aqui.

  • Pedriscos e Decks modulares para cobrir pisos existentes

como cobrir pisos existentesImagem: Flexdeck

Outra alternativa para cobrir pisos externos é usar decks modulares de madeira ou de plástico, que se encaixam entre si sem precisar de cola. Eles podem ser usados sozinhos ou com pedriscos soltos entre eles, fazendo o acabamento e criando uma espécie de jardim. Saiba mais sobre os decks modulares aqui.

  • Pisos laminados para cobrir pisos existentes

como cobrir pisos existentesImagens: Pixabay

Os pisos laminados, que são pisos de madeira industrializada, também podem cobrir pisos existentes. No entanto, o piso anterior precisa estar muito liso e nivelado, pois se não estiver o piso laminado pode se romper facilmente, por ser um material rígido e relativamente fino.


Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *