jantar colorido 5

COMO MISTURAR CORES DE MANEIRA EQUILIBRADA

Misturar cores na decoração é algo que pode dar muito certo ou muito errado. Isso porque cada cor agrega uma nova informação ao ambiente, e para que o resultado final seja agradável, é preciso que exista um sentido na junção dessas tonalidades, não só em relação a qual cor combina com qual, mas também na maneira como elas são dispostas e se relacionam entre si.

Na mistura de muitas cores, alguma organização é importante para evitar o caos visual. Embora algumas pessoas não gostem de ter tudo muito arrumado, alinhado ou impecavelmente organizado, a falta de sentido total desvaloriza cada um dos elementos, pois a atenção fica completamente perdida e cada cor fica perdida no espaço, sem nada que a reafirme.

É possível criar, então, o que costumo chamar de “bagunça organizada”, que aparentemente é a junção de cores variadas de maneira livre, mas que na verdade contém um planejamento oculto que faz com que as diferentes cores formem um conjunto harmônico e agradável.

COMO MISTURAR CORES NA DECORAÇÃO

 Hierarquia de cores

Para começar, é muito útil definir uma base para a ambientação, que pode ser neutra, colorida ou formada pela mistura de tons neutros e mais alguma cor. Se for colorida, o ideal é usar uma cor seca, que é menos cansativa. (Ver também: Tipos de Cores“).

COMO MISTURAR CORES NA DECORAÇÃO

A base é criada através do predomínio de alguma ou algumas cores no ambiente, deixando claro que essas são as cores predominantes. Isso pode ser feito através do uso dessas tonalidades em muitas peças, que se espalhem por todo o espaço, como o mobiliário fixo, por exemplo, ou então pelo destaque dessas cores em superfícies muito grandes, como no piso e em quase todas as paredes. O importante é que a base seja bem marcada, para ajudar a organizar o visual.

Combinação de cores

Tendo uma base bem definida, é possível acrescentar cores de uma maneira aparentemente aleatória, mas na verdade planejada. Isso porque mesmo que se queira uma decoração no mais ousado estilo arco-íris, as cores precisam ter harmonia como um todo, e nem todas as combinações contrastam ou se complementam da mesma forma.

É importante então estar consciente do resultado pretendido: Mistura de cores similares mas em escalas de tons diferentes, por exemplo, criam o famoso “tom sobre tom”, que gera uma certa sensação de movimento porém de uma forma mais definida, e que por isso realça, no final, apenas uma cor específica. Essa cor pode ser neutra ou não, e se for, é uma maneira de ter um ambiente colorido e alegre sem abrir mão de certa seriedade.

Já a mistura de cores totalmente diversas, como azul, vermelho, amarelo, verde e laranja, todas no mesmo ambiente, cria uma aparência mais alegre e jovial, e justamente por isso pode deixar a ambientação um pouco infantil, caso não seja feita com critério. Uma maneira de evitar que isso aconteça é utilizar tons diferenciados para cada cor, alternando cores escuras com outras mais claras e tons mais vivos com outros mais suaves, de maneira intercalada. Isso faz com que as cores se integrem, ao invés de brigarem entre si por terem as mesmas características.

COMO MISTURAR CORES NA DECORAÇÃO

Outra forma de evitar que a mistura de cores muito diferentes sobrecarregue o ambiente é, aproveitando que já existe uma base definida, acrescentar a mistura de cores de forma pontual, somente em alguns detalhes. Se a quantidade de cores for muito grande, inclusive, cada um desses pontos pode reunir várias delas, para realmente deixar claro que a mistura foi intencional.

Misturar cores equilibradamente

Por fim, basta tomar cuidado para deixar tanto as cores pontuais quanto as de base bem distribuídas pelo ambiente, ao invés de concentradas em um único canto, para gerar sensação de equilíbrio.

COMO MISTURAR CORES NA DECORAÇÃO

Muitas vezes, para criar esse efeito, basta um toque de determinada cor em algum local que faça contraponto com a mesma cor no canto oposto, por exemplo. Isso basta para criar a sensação de unidade do ambiente.


Clique aqui para conhecer o “Curso de Decoração” da Cursos 24h, que ensina proporção, distribuição, como decorar imóveis próprios e alugados, como organizar reformas, quais são as cores e móveis mais adequados para cada cômodo e muito mais.

Veja também:


8 opiniões sobre “COMO MISTURAR CORES DE MANEIRA EQUILIBRADA”

  1. Oie bom aqui n minha casa na sala tem a parede grafiada a cor é cinza e as portas tbm sao cinza . So q eu quero tirar o cinza e colocar iuma cor diferente so na parede grafiada .eu pensei no palha so q os meus moveis da sala sao marron esculo . Vc acha q conbina ? De eu tirar tbm os cinzas das portas e janelas e pintar de marron conbina? Me ajuda por favor n sei oq
    fazer? Me responde o mas rapido possivel

    1. Olá, Prysllaine. Qual a cor das outras paredes, sem ser a do grafiatto? Se for uma cor neutra, como branco, você pode pintar as portas da mesma cor das paredes, o que irá inclusive deixar tudo mais elegante e discreto. E aí a cor da parede destacada pode ser marrom ou até de outras cores, dependendo dos outros elementos da sala. Não aconselho a pintar as portas de marrom pois ficaria com marrom demais, já que os móveis também são todos dessa cor, pelo que eu entendi. Ah, e as janelas podem ser também da cor das portas e das paredes mais claras. Abs.

      1. As paredes da direita e esquerda sao branca .E a grafiada e cinza como flei a porta tbm. Que cor eu poderia ta pintando p ficar bonito pq aqui as vizitas fica mas na sala entt eu quero q fica bem elegante sabe . Manda uns ex de cores q conbinam com os moveis marrom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>