corredor externo integrado à casa - neil dusheiko - capa

CORREDOR EXTERNO INTEGRADO À CASA NA REFORMA

O corredor externo dessa casa em Londres foi aproveitado na reforma como parte integrante da construção.

Como o corredor externo foi aproveitado

A casa era estreita e o corredor externo servia apenas para passagem e entrada de luz. O corredor foi então coberto, para deixar as salas e a cozinha mais largas e espaçosas, porém com cobertura de vidro, mantendo a luminosidade.

corredor externo integrado à casa - neil dusheiko 1

Na parede onde costumava ficar apenas o muro lateral do terreno, foi criada uma grande estante, pegando praticamente todo o comprimento das salas e da cozinha, integrando os ambientes e aproveitando o espaço. Essa estante foi, na verdade, um dos principais focos do projeto desde o começo, já que o proprietário da casa, um senhor que cria potes e vasos artesanais, precisava de um espaço para guardar e expôr seus objetos de arte, sentindo- se assim bem à vontade, em um ambiente funcional, agradável e com a sua cara.

corredor externo integrado à casa - neil dusheiko 2

Graças à abertura de vidro na cobertura onde costumava ficar o corredor, bem nessa parte da casa, essa estante ficou destacada e valorizada.

Para ajudar a criar sensação de espaço

E para aumentar ainda mais a sensação de espaço, foram feitas grandes aberturas de vidro na parede do fundo da casa, que faz com que o jardim pareça se misturar com a casa.

corredor externo integrado à casa - neil dusheiko 3

Essas aberturas, associadas à cobertura do corredor lateral, criam um efeito leve, reforçado pela integração dos ambientes e pelo uso de móveis com estilo clean, apesar dos toques rústicos em alguns revestimentos e móveis.

corredor externo integrado à casa - neil dusheiko 4

Um espaço para receber a família

Apesar de morar sozinho, o senhor precisava do espaço do corredor lateral não só para guardar seus vasos, mas também para receber o filho, a nora e as netas.

corredor externo integrado à casa - neil dusheiko 5

No mobiliário, para ajudar nessa função, foram criados vários lugares para sentar e conversar, sendo um deles um grande banco próximo a janela, que funciona como armário ou como assento quando necessário.

Projeto e imagens: Neil Dusheiko Architects.

Quer receber nossas dicas por e-mail?

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>