DIFERENTES OPÇÕES DE VIDRO ACÚSTICO

O vidro acústico é uma boa opção para bloquear sons que vêm de fora, quando usado nas janelas. Pode servir também para evitar que o som passe de um ambiente para outro, em divisórias.

Tipos de vidro acústico

O tipo de vidro acústico a ser utilizado faz toda a diferença no resultado final, por isso é importante conhecer as opções.

  • Vidro laminado acústico

O vidro laminado tem sempre uma película em seu interior, entre duas chapas de vidro. Ela serve para grudar as partículas caso o vidro seja quebrado, e por isso o laminado é considerado um vidro de segurança. (Ver também: “Tipos de Vidro“). Essa película também pode servir para bloquear os sons que passam pelo vidro, melhorando a acústica dos ambientes.

vidro acústico laminado

Mas para ser considerado um vidro acústico, o vidro laminado tem que ter uma película de pelo menos 78mm, seja ela de polivinil ou de resina. No vidro laminado comum essa película tem apenas 34mm, o que não é suficiente para bloquear os sons. Além disso, quanto maior a espessura das camadas de vidro em si, maior sua eficiência acústica.

Os sons que o laminado acústico costuma bloquear melhor são os sons de frequência baixa, ou seja, os sons mais graves.

  • Vidro duplo ou vidro insulado

O vidro duplo também tem duas chapas de vidro, porém ao invés de ficarem grudadas essas chapas ficam separadas por um espaço vazio entre elas. É o tipo de vidro usados nas janelas acústicas. Ele pode ter uma ou duas dessas chapas de vidro laminado, o que aumenta sua eficiência. Se tiver vidros laminados na sua composição, a janela acústica tende a ter um efeito melhor do que o laminado sozinho, pelo espaço do meio e por ter caixilhos bem vedados, sem espaços para que o som passe.

Quando o vidro duplo tem uma chapa de vidro laminado, ele é também chamado de vidro triplo, pois o laminado conta como duas chapas. E se os dois vidros forem laminados, ele pode ser chamado de vidro quádruplo. Mas existe também o vidro triplo que é composto por 3 chapas de vidro igualmente distantes umas das outras.

vidro acustico- vidro duploImagem: Look Acoustic

Outro fator que interfere no resultado acústico do vidro duplo é o espaço entre as chapas de vidro, que deve ser de pelo menos 9mm. Esse espaço maior faz inclusive com que o vidro duplo seja também um vidro térmico, reduzindo um pouco do calor. (Ver também: “Vidro com Película que Reduz o Calor“).

Os sons que o laminado acústico costuma bloquear melhor são os sons de frequência alta, ou seja, os sons mais agudos.

Qual vidro acústico escolher, laminado ou duplo?

Com base nas características de cada de vidro acústico, as principais questões que interferem na escolha são a frequência do som a ser bloqueado e o valor a ser investido.

O vidro laminado isolado bloqueia bem os sons mais graves. Por isso se existirem apenas sons graves a serem bloqueados, o vidro duplo não precisa nem ser considerado. Mas é preciso pensar também no caixilho, que pode ser de um material pouco isolante como o alumínio ou mais isolante como a madeira, por exemplo. E dependendo do volume do som, pode ser necessário usar fitas ou outros materiais para vedar os vãos da janela.

Mas se o som a ser bloqueado tiver frequência alta, ou seja, forem sons mais agudos, o laminado pode não resolver totalmente. No caso de sons graves e agudos na mesma proporção, ele já ajuda mas o ideal seria usar o vidro duplo com uma ou duas chapas de laminado. O que deve ser analisado nessa situação é o quanto se pode investir, pois um investimento menor já faz uma boa diferença, mas resolver mesmo só investindo em vidros laminados duplos.

Já se o som for predominantemente agudo, é essencial que seja usado o vidro duplo, com pelo menos um dos vidros laminados. Nessa situação, apenas o laminado sozinho irá fazer pouca diferença, o que não vale o investimento. A boa notícia é que essa é uma situação mais rara, já que sons de vozes humanas, músicas e caminhões na rua costumam ter frequência média, não tão aguda.

Como saber a frequência do som a ser bloqueado

Alguns sons são facilmente detectados como mais agudos ou mais graves. Mas normalmente não sabemos qual a frequência daquele barulho que vem da rua. Para sabermos, e assim escolhermos a melhor opção de vidro acústico a ser utilizado, existem alguns aplicativos de celular que podem ser utilizados.

vidro acústico - sons graves ou agudos

Um deles é o “JBL Tools”, que é gratuito e fácil de usar. Basta instalar no celular e depois de abrir entrar em “RTA” para medir a frequência dos sons que o aparelho captar. A frequência vai de 20 a 20 mil, e aparece na linha de baixo do gráfico. Se existirem mais faixas no início dessa linha, significa que os sons são mais graves. Se as faixas mais altas estiverem mais para a direita, no final da linha, os sons são mais agudos.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *