MATERIAIS PARA BANCADAS

Existem diversos materiais para bancadas de cozinha e de banheiro, e a escolha deve ser feita de acordo com critérios estéticos, funcionais e econômicos, analisando as características de cada tipo de bancada:

– Bancada de granito, mármore e outras pedras naturais

bancada de granitoBancada de granito

As pedras naturais têm como característica comum os diferentes desenhos e veios, que podem ser mais sutis ou mais carregados. De forma geral, o mármore tem aparência mais homogênea, enquanto o granito costuma ter um desenho mais “granulado”, embora existam granitos tão escuros que parecem mais lisos, como o preto absoluto ou o são gabriel. O granito é uma pedra muito resistente a impactos e altas temperaturas, além de fácil de manter, enquanto o mármore é mais nobre, mais caro e resiste menos a impactos.

bancada de mármoreBancada de mármore

Outras pedras naturais também podem ser utilizadas em bancadas, como ardósia, calcário e pedra-sabão, mas para isso precisam ser impermeáveis ou então receberem acabamento para proteção. Caso contrário, surgem muitas manchas e a sujeira fica acumulada, já que as pedras costumam ser porosas.

– Bancada de silestone, corian, technistone e marmoglass

Todos esses nomes complicados de bancadas têm em comum algumas coisas: São feitas a partir de pedras naturais e aditivos sintéticos, têm aspecto muito liso e homogêneo, inclusive com a cuba em uma única peça, emendas imperceptíveis, facilidade de manutenção e grande versatilidade de formas, texturas e possibilidades criativas, como escorredores e outros acessórios embutidos na bancada. Algumas têm também apelo ecológico, pois têm em sua composição materiais recicláveis, como o corian, ou então porque têm processo de produção com menos impacto do que as pedras comuns. Costumam também ter tratamento anti-bactericida, tornando-se assim extremamente higiênicas. A parte que não é tão boa é que são as bancadas mais caras.

bancada de corianBancada de pedra sintética

Quanto à resistência, as características variam de um material para outro, mas em geral são bem resistentes a impactos mais fortes (mais até do que o granito), e não amassam como o inox mais simples. Não são muito resistentes a altas temperaturas, no entanto. O corian é mais sensível a riscos do que o silestone, embora possa ser reparado e voltar a ser como novo, e mesmo assim ambos são mais resistentes nesse sentido do que o inox, por exemplo.

bancada de quartzoBancada de pedra sintética

Os nomes das bancadas de pedras sintéticas costumam confundir bastante, pois muitas vezes se chama pela marca e não pelo material. As bancadas de silestone, por exemplo, são uma marca de bancada de quartzo. E existem várias outras marcas, mas o nome silestone ficou conhecido e acaba sendo identificado como se fosse um material específico. (Ver também: “Bancadas de Quartzo“)

– Bancada de inox

Com visual high tech, e que combina com outros acessórios da cozinha ou do banheiro, como cubas, eletrodométicos e torneiras, o aço inox é um material muito higiênico e resistente a altas temperaturas, embora tenha que ser conservado com cuidado, evitando riscos.

bancada de inoxBancada de inox

O aspecto das bancadas de aço inox é também homogêneo e com a cuba em uma única peça, o que impede o acúmulo de sujeira. O preço varia de acordo com a espessura e qualidade do material, ficando maior quanto mais resistente e bem acabada for a peça.

– Bancada de vidro

Muito comum nos banheiros e atualmente utilizada também em cozinhas, as bancadas de vidro são extremamente leves e higiênicas, pois são totalmente impermeáveis.

bancada de vidroBancada de vidro

Sua manutenção precisa ser frequente, pois tendem a ficar com marcas superficiais de uso, e nas cozinhas a espessura tem que ser grande para resistir a impactos. Mas muitas vezes vale a pena pela sensação agradável e pela versatilidade do vidro.

– Bancada de porcelanato

A bancada de porcelanato é uma opção ainda menos conhecida mas que resolve a vida de quem procura a resistência do granito com o visual das pedras sintéticas, sem pagar tão caro quanto pagaria nessas últimas. Elas são feitas com grandes peças de porcelanato, de maneira semelhante às bancadas de granito, mas com a vantagem de terem aspecto mais liso e várias opções de cor. Não é uma bancada revestida com peças de porcelanato, como se pode imaginar a princípio.

bancada de porcelanato Bancada de porcelanato

A desvantagem em relação ao silestone e ao corian, por exemplo, é a presença de emendas, assim como no granito e no mármore, que no entanto podem ficar bem sutis com uma boa execução. (Ver também: “Bancadas de Porcelanato“)

– Bancada com revestimento cerâmico

Revestir a bancada com revestimento cerâmico é uma alternativa econômica e com muitas opções de cor e desenhos, porém não é aconselhada para locais com muito uso, especialmente com manuseio de alimentos. Isso porque, assim como na parede, a cerâmica tem rejuntes, e esses rejuntes são porosos, podendo ficar escurecidos com  o tempo e também absorverem a sujeira.

bancada revestida com pastilhasBancada revestida com pastilhas

– Bancada de madeira

A madeira ou mdf são materiais permeáveis, portanto não são os mais indicado para locais com muito contato com água. Podem, no entanto, serem usados em lavabos, que costumam ficar menos molhados, ou então em partes da cozinha que não sejam muito próximas da cuba. Outra possibilidade é cobrir a bancada com vidro, quando a peça for de mdf liso.

Bancada de madeira

A vantagem da madeira é a sensação aconchegante que ela confere ao ambiente, transformando cozinhas e banheiros em locais confortáveis e convidativos, menos frios do que costumam ser.

– Bancada de cimento ou concreto

As bancadas de concreto têm visual impactante e diferenciado. Sua execução é prática, o visual é homogêneo e seu efeito é rústico, conferindo uma frieza ao ambiente que pode ser uma vantagem ou desvantagem, dependendo do que se pretende.

bancada de concretoBancada de concreto

Pode ser bem resistente, em todos os sentidos, porém para isso precisa ser bem executada e receber acabamento de proteção.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

77 thoughts on “MATERIAIS PARA BANCADAS”

    1. Olá, Fabiana! A resina epóxi cobre praticamente qualquer material. Mas quanto mais liso estiver melhor. Para a bancada, pode ser usada madeira industrializada, como mdf por exemplo, sem revestimento entre a madeira e a resina. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *