obra sem projeto - capa - grovesinteriors

POR QUE OBRA SEM PROJETO FICA MAIS CARA

Obras envolvem um gasto de dinheiro muito alto, portanto é comum que as pessoas queiram economizar dispensando o projeto. Mas essa escolha leva, no final das contas, a gastos maiores na obra do que o custo que o projeto representaria se tivesse sido contratado.

O valor do projeto, inclusive, não é tão significativo dentro do investimento total, podendo ficar em algo em torno de 5% de uma obra de porte médio, por exemplo. Já os gastos gerados pela falta de projeto não têm limite, e ultrapassam essa marca com extrema facilidade, além de estarem quase sempre associados a muita dor de cabeça e atrasos ainda maiores do que os normais. Alguns dos motivos desses gastos adicionais são:

- Espaços mal aproveitados

Projetos bem feitos podem servir ao propósito de otimizar a utilização do espaço, com soluções de melhor custo-benefício. Ao construir sem essa preocupação ou com projetos mal desenvolvidos, acabam sendo criados elementos que nem precisariam existir e que muitas vezes nem resolvem completamente as questões funcionais. É portanto um gasto maior para um resultado pior.

- Falta de planejamento na compra de materiais

Com o projeto em mãos é possível calcular a quantidade de material necessário para a construção. Sem o projeto é possível apenas estimar. E se essa estimativa estiver errada, como é provável que aconteça, ocorre muito desperdício com sobras ou então gasta-se mais tempo e mais dinheiro com novos deslocamentos para fazer as compras cada vez que o material acaba. Então não só o gasto é maior como não é possível saber quanto a obra custará realmente antes que ela acabe.

- Erros durante a execução da obra

Mesmo com projeto e acompanhamento da obra os erros na obra são muito fáceis de acontecer, seja por interpretações equivocadas dos desenhos ou problemas de comunicação, por exemplo. Se simplesmente não existirem esses desenhos, a probabilidade de erro vai automaticamente ao infinito e além.

- Falta de limite no valor cobrado pela mão-de-obra

Se não houver um projeto, é muito comum que o pessoal encarregado pela obra não consiga planejar direito o custo do seu serviço, e com isso acabe pedindo mais no decorrer da construção, alegando que não sabiam que teriam tanto trabalho. E às vezes ocorre uma cobrança de valor extra com essa justificativa mesmo se o valor inicial cobrado já tiver sido justo. Com o projeto em mãos, eles sabem desde o início o trabalho que deve ser feito, e não podem argumentar que foram enganados de alguma forma.

Clique aqui para conhecer o e-book “Construir Barato”, que mostra como reduzir os gastos da obra em até 20% sem prejudicar a qualidade e o resultado final da construção.

Veja também: “Sai Caro Não Contratar um Arquiteto”
Imagem de capa: Groves Interiors

Texto: Arquiteta Fernanda DG

Quer receber nossas dicas por e-mail?

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>