PORCELANATO LÍQUIDO OU PISOS DE RESINA

Está cada vez mais comum o uso de pisos monolíticos, ou seja, com aparência homogênea, sem rejuntes. Porcelanato líquido é o nome dado aos pisos monolíticos feitos com resina, devido ao seu aspecto final brilhante, que lembra o porcelanato.

E além do visual liso, esse tipo de material apresenta como vantagem a ausência de entulhos no final da obra, a facilidade de limpeza e a possibilidade de cobrir pisos existentes de cerâmica ou de pedra.

Mas existem dois tipos de resinas que cobrem o piso de maneira homogênea, a resina epóxi e a resina de poliuretano. Esses dois materiais são muitas vezes confundidos, e a confusão vai ainda mais longe quando se associa o termo “porcelanato líquido” somente com o piso autonivelante, que é na verdade um tipo de aplicação da resina epóxi. (Ver também: “Piso Autonivelante“)

Resina de poliuretano x Piso Autonivelante (Resina de epóxi)

Esses dois tipos de piso se parecem porque são basicamente resinas líquidas de aspecto homogêneo, que podem ser aplicadas sobre pisos existentes. Mas existem diferenças:

  • Composição: O piso autonivelante é uma resina à base de epóxi, e não de poliuretano.
  • Aplicação: O piso autonivelante é jogado sobre o piso e espalhado com uma espécie de rodo, formando uma camada que se nivela automaticamente na superfície. Já o piso de poliuretano é aplicado com rolo como se fosse uma pintura, e requer o preparo do piso de baixo, com o fechamento dos rejuntes para deixar tudo nivelado antes da sua aplicação.
  • Cores: A diversidade de cores do piso autonivelante é muito maior, inclusive com a possibilidade de fazer desenhos e composições. O piso de poliuretano, por sua vez, é disponibilizado apenas nas cores branca, bege ou cinza, e não possibilita a criação de desenhos.
  • Resistência: Os pisos autonivelantes de epóxi possuem maior resistência química, enquanto os de poliuretano são mais resistentes a riscos, choques térmicos e dilatações, pois tendem a trincar menos.
Aplicação do porcelanato líquido de poliuretano

O porcelanato líquido de poliuretano pode ser usado em áreas internas ou externas, inclusive áreas molhadas, para cobrir pisos de cerâmica, de pedra ou cimento existentes. O piso tem que ser preparado e nivelado conforme mostrado no vídeo abaixo:

Cuidados em relação ao porcelanato líquido

Alguns fornecedores vendem e aplicam outros tipos de piso como se fossem porcelanato líquido, como o poliéster por exemplo, que tem aparência similar porém resistência e durabilidade menores. Por isso tome cuidado na hora da contratação, procure saber qual o material utilizado e quais suas características especificas, já que existem vários pisos monolíticos no mercado atualmente.

Além disso, escolha o material correto para cada situação. Em locais com muito movimento, por exemplo, pode ser melhor usar o poliuretano do que o epóxi, que risca um pouco mais. Quanto mais brilhoso for o acabamento, mais evidentes ficarão os riscos.

Outro cuidado importante é o tempo de espera para a secagem total do porcelanato líquido após sua aplicação, o que pode durar cerca de uma semana. Se esse prazo não for respeitado, o piso pode ser danificado.

Curso de Porcelanato Líquido Online

Se estiver procurando curso de aplicador de porcelanato líquido, indico esse aqui. Você pode aplicar o produto na sua casa e economizar na mão de obra ou então se tornar um aplicador profissional de porcelanato líquido.

Fornecedores de Porcelanato Líquido

Se estiver procurando uma empresa especializada na aplicação de porcelanato líquido, indico a Master Plate para pisos industriais, e a Nacional Epoxi Porcelanato Liquido para pisos residenciais e industriais. Para ver mais fornecedores e encontrar um da sua região, acesse nosso Guia de Fornecedores.

Cursos e e-books que você pode gostar:

Imagem de capa: Proprietário Direto

Veja também:

341 thoughts on “PORCELANATO LÍQUIDO OU PISOS DE RESINA”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *