1640439-capa

QUANDO USAR MÓVEIS PRONTOS OU SOB MEDIDA

A principal diferença entre os móveis prontos e os móveis sob medida é o preço. Em geral, os móveis prontos tendem a ser mais baratos, devido à sua produção em larga escala, embora existam sempre diferenças de valor baseadas também na qualidade dos materiais ou na espessura e acabamento das peças, que determinam sua resistência e durabilidade.

Porém, comparando móveis de mesma qualidade, os prontos costumam sair ganhando, já que são produzidos e vendidos aos montes.

No entanto, em algumas situações os móveis sob medida oferecem um resultado muito melhor, pois se encaixam mais adequadamente às funções e ao espaço disponível, especialmente em espaços pequenos, com formas inusitadas ou que precisem guardar objetos específicos, de tamanhos bem definidos.

É preciso, então, analisar se existem móveis soltos que possam ser eficientes em cada situação, e se houver, o bolso agradece. Senão a solução é partir para os móveis sob medida mesmo, que às vezes vale o investimento.

cama multifuncional mmm 1Cama pronta de casal com gavetas – Clique para ver na loja.

Na categoria de móveis sob medida, existem as marcenarias e as lojas de planejados. A diferença entre os dois é que a marcenaria é sob medida mesmo, do início ao fim, com poucas restrições de tamanho e forma. Já os planejados, por serem feitos com peças feitas em fábricas, com tamanhos modulados, não oferecem tanta liberdade de criação aos projetos. Porém, por serem um intermediário entre o processo de produção “artesanal” da marcenaria e a linha de produção básica dos móveis prontos, os planejados são muitas vezes mais baratos do que a marcenaria e ao mesmo tempo um pouco mais versáteis do que as peças prontas, se considerarmos materiais similares.

Mas para valer a pena usar móveis planejados, as medidas têm que seguir a padronagem do fabricante, caso contrário o preço fica muito maior do que se a mesma peça fosse produzida em marcenaria.

cozinha-compacta-carol-madesaCozinha com móveis prontos - Clique para ver na loja.

Essa é a situação quando comparamos esses três tipos de móveis. Se analisarmos os preços de maneira mais ampla e geral, no entanto, a diferença entre um fornecedor e outro pode ser enorme, e tem a ver com a margem de lucro de cada um, com vantagens de qualidade e de serviço, entre outros fatores. Podem existir, assim, móveis prontos mais caros do que os de uma marcenaria mais simples, por exemplo.

Por isso é preciso sempre fazer um balanço entre o que se está disposto a gastar para ter produtos de maior ou menor qualidade, e em paralelo fazer uma análise do projeto em si, para ver se os móveis prontos podem ser uma opção eficiente ou se não funcionam para determinadas situações e por isso devem ser descartados, integral ou parcialmente.

Clique aqui para conhecer o curso online “Seja Você o Marceneiro que Precisa”, e aprenda a fazer você mesmo os seus móveis, para gastar muito menos, ou comece seu próprio negócio.

Quer receber nossas dicas por e-mail?

Veja também:

Uma opinião sobre “QUANDO USAR MÓVEIS PRONTOS OU SOB MEDIDA”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>