RECEPÇÃO RENOVADA SEM SUJEIRA

Muitas vezes não é preciso quebrar nem pintar paredes, trocar pisos ou mexer com gesso para deixar a ambientação renovada. Basta escolher as peças certas e dispor os objetos de maneira estratégica para transformar o espaço sem sujeira, sem dor de cabeça e sem tantos gastos.

Foi isso que aconteceu com essa recepção de academia, que estava antes praticamente vazia, apenas com um armário baixo em madeira e um outro mais alto, cinza com portas alaranjadas, que servia para guardar objetos dos clientes.

recepção antes

Desse jeito, perdidas no ambiente, essas peças pareciam não fazer o menor sentido, e com isso ficavam desvalorizadas e mal aproveitadas. O acréscimo dos novos móveis e acessórios levou em conta, então, as características desses dois armários, para criar o equilíbrio no conjunto e dar sentido a cada uma das tonalidades existentes.

ALE FERRAZ - RECEPÇÃO 02

O laranja das portas do armário foi repetido na cadeira da recepcionista, e outras cores foram acrescentadas para dar vida à decoração, e assim ficarem de acordo com o conceito da academia. O mesmo foi feito com a madeira, que se repete de maneira a aumentar a sensação de bem-estar também presente no conceito do projeto, já que a intenção era associar a ideia de saúde e exercícios físicos com o atendimento personalizado e que visa a melhoria da qualidade de vida.

ALE FERRAZ - RECEPÇÃO 03

Era necessário separar a área de entrada do restante do espaço, para que as pessoas que estivessem nos equipamentos não fossem vistas logo de cara por todos que entrassem, sem nenhuma privacidade. Para fazer isso foi colocado apenas um biombo, que além de ser mais leve, prático e versátil do que fazer uma parede, ainda serve para abrigar o armário alto, que forma uma espécie de vestiário aberto ao ser colocado em conjunto com o pequeno banco de madeira e o painel na parede.

Dessa forma, surge um espaço intermediário entre quem chega e quem sai, para pegar a bolsa ou outros objetos pessoais, e que funciona também como saleta de espera. Tudo isso de maneira acolhedora e com a aquisição de poucos móveis.

ALE FERRAZ - RECEPÇÃO 01

As plantas na recepção e nessa área do armário ajudam a criar conforto e bem-estar, com vasos no piso e na jardineira para não ficar monótono e gerar sensação de movimento.

A forma das banquetas de atendimento remetem à ideia de equilíbrio que a academia pretende passar, sendo a primeira coisa que as pessoas vêm ao entrar no ambiente, e os cachepots na mesma cor integram a recepção à área do “vestiário”, podendo ser usados também como pufes ou local para colocar guarda-chuvas, por exemplo, por sua versatilidade.

Projeto: Arquiteta Fernanda DG

Veja mais antes e depois aqui.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *