REFORMANDO MÓVEIS DE MADEIRA

Existem várias formas de reformar móveis de madeira quando eles estão desgastados ou simplesmente para dar a ele um novo visual.

Reformando móveis com pintura

Pintar móveis não é difícil, mas envolve várias questões que devem ser analisadas na hora de escolher os materiais e a forma de pintar. Algumas dúvidas comuns são:

– Qual tinta usar para pintar móveis de madeira?

A melhor tinta para pintar móveis e objetos de madeira em geral é a tinta esmalte. Outras tintas podem ser utilizadas também, como a látex ou a acrílica, mas a esmalte foi feita para ser usada na madeira ou no metal, então ela cobre a peça mais facilmente e tende a durar mais. A tinta esmalte pode ser comprada em latas e aplicada com rolo ou pincel, sendo que o rolo funciona melhor para deixar o acabamento liso, ou então pode ser comprada em embalagem spray, para facilitar a aplicação.

reformando móveis

– Precisa lixar o móvel antes de pintar?

O móvel precisa ser lixado se estiver com verniz. Isso precisa ser feito para garantir a aderência da tinta no móvel, que é melhor fixada quando a textura é mais áspera, além de retirar pequenas imperfeições que possam existir na peça. Outra alternativa que substitui a lixa no caso de móveis lisos é passar uma tinta conhecida como “batida de pedra”, que é usada em algumas partes do carro, principalmente nas partes de baixo do motor. Ela confere uma textura mais áspera e absorvente ao móvel, como se ele tivesse sido lixado. Mas nesse caso é preciso aguardar a tinta secar por pelo menos 24 horas até que a tinta esmalte possa ser aplicada.

– Precisa passar massa antes de pintar o móvel?

A massa é importante nos casos em que o móvel a ser pintado esteja com a superfície muito irregular, com muitas lascas no acabamento por exemplo. E se for aplicada a massa, dependendo do tipo de massa escolhido, podem ser usados outros tipos de tinta ao invés da esmalte.

Reformando móveis com adesivo

Outra maneira de reformar móveis é aplicar adesivo sobre eles. Podem ser usados adesivos decorativos,  papel contact com estampas decorativas ou até tecidos adesivos. É preciso tomar muito cuidado para não deixar bolhas e recortar as bordas com precisão para deixar um bom acabamento. Mas se for bem feita, essa solução é resistente e cobre as imperfeições do móvel desgastado sem precisar de grandes esforços ou muitos materiais, além de não fazer sujeira.

Reformando móveis com papel de presente

Papéis de presente são outra alternativa para revestir os móveis, e para os papéis ficarem bem colados e sem bolhas pode ser usada fita dupla-face, aplicada em toda a superfície, sem deixar espaço entre elas. É uma solução interessante para pequenas áreas do móvel, como frentes de gavetas.

Reformando móveis com tecido

O revestimento de partes do móvel também pode ser feito com tecidos maiores, que não são adesivos. Nesse caso o tecido é fixado com cola e deve ser mais grosso para ser mais fácil de manusear e colar.

Reformando móveis da área externa

Os móveis de madeira de áreas externas ficam desgastados em função da chuva e do vento, e por isso precisam ser protegidos com material apropriado de tempos em tempos. E mesmo quando já estão com a cor meio apagada, ainda podem ser recuperados, com um procedimento parecido com o da pintura, em que o móvel é limpo e lixado, mas ao final recebe verniz ao invés de tinta. Esse verniz pode tingir a madeira, caso tenha cor, conferindo a ela aparência de nova e ao mesmo tempo protegendo a peça. No vídeo abaixo aparece uma pessoa reformando móveis dessa forma:

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *