TIPOS DE LÂMPADAS

Existem vários tipos de lâmpadas disponíveis atualmente, e é importante saber as características de cada uma delas para saber qual escolher em cada situação. Os tipos de lâmpadas mais comuns são:

– Lâmpadas incandescentes

tipos lampadas incandescentes

As incandescentes são lâmpadas baratas na hora da compra, e por isso ainda continuam sendo utilizadas, embora muito menos do que antigamente. Se não fosse por isso, elas provavelmente nem existiriam mais, pois gastam muita energia e geralmente não duram muito tempo. Sua luz é espalhada (não focada), e as lâmpadas podem ter várias formas, desde o modelo tradicional até o de vela, o de fogão ou com bulbo transparente ou leitoso, sendo o leitoso melhor para evitar o ofuscamento da vista caso a lâmpada fique exposta.

– Lâmpadas halógenas

tipos de lâmpadas - dicroica

Lâmpadas halógenas são na verdade incandescentes, porém com bromo ou iodo em sua composição, que são materiais classificados quimicamente como halógenos. Embora esse termo seja pouco usado, elas são bem conhecidas devido às lâmpadas dicróicas, que são um tipo de lâmpada halógena. Os outros tipos são a Palito, a PAR, a Bipino, a  Halopin ou a AR, que são menos famosas. Suas principais características são a possibilidade de focar a luz e a durabilidade maior do que a das incandescentes comuns, embora também produzam calor e gastem bastante energia.

– Lâmpadas fluorescentes

tipos lampadas fluorescentes

As lâmpadas fluorescentes gastam menos energia do que as incandescentes e as halógenas, e seu preço de compra é um pouco maior, embora não seja tão alto. Uma incandescente gasta em torno de 4 vezes mais energia do que a fluorescente, para o mesmo grau de iluminação. Inicialmente eram vendidas apenas na opção de luz branca, por isso foram associadas com a ideia de serem frias, porém existem atualmente na versão amarela também. Podem ser compactas, que é o modelo que se encaixa na maior parte das luminárias por rosqueamento, substituindo as incandescentes comuns, ou tubulares, que são os modelos cilíndricos e compridos.

– Lâmpadas LED

tipos lampadas led

Cada vez mais aceitas no mercado e por isso cada vez mais acessíveis em termos de preço, as lâmpadas led consomem ainda menos energia do que as fluorescentes, e muito menos do que as incandescentes, que gastam em torno de 6 vezes mais. Da mesma forma que as fluorescentes, elas não geram calor no ambiente, e da mesma forma que as halógenas, elas podem ter a luz focada ao invés de espalhada. Existem os modelos mais básicos, com rosca na ponta e que podem ser colocadas nas luminárias comuns, e também as fitas de led ou os modelos que funcionam como lâmpada e luminária ao mesmo tempo. Os preços variam muito, mas mesmo quando ela é mais cara o investimento pode ser compensado a médio ou longo prazo, dependendo do consumo do local. (Ver também: “Como Fazer Iluminação Embutida com Fitas de Led)

– Lâmpadas de descarga

tipos lampadas descarga

As lâmpadas de descarga (HID) possuem gases em seu interior e têm capacidade de iluminar grandes áreas, sendo usadas normalmente em postes de rua, galpões, vitrines ou outros ambientes que precisem de iluminação forte e que não precise ser acionada muitas vezes, já que cada vez são necessários alguns minutos até seu acendimento completo. Dependendo de qual gás estiver presente em seu interior, as lâmpadas de descarga podem ser de 4 tipos: De vapor de sódio, vapor de mercúrio, mistas ou de multivapores metálicos.

Existem também as lâmpadas de neón e a fibra ótica, que são filamentos coloridos ou com iluminação em toda a sua extensão, usados para fazer iluminação embutida, detalhes ou letreiros, assim como as fitas ou mangueiras de led, que são atualmente mais utilizadas.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *