VASOS NA PAREDE

Colocar vasos na parede pode resolver duas coisas de uma vez só: Criar destaque para alguma parede específica que se queira valorizar, e ao mesmo tempo conseguir colocar plantas em locais com pouco espaço disponível no chão. É, portanto, uma maneira útil e agradável de aproveitar os espaços na vertical, sendo o uso de plantas uma ótima pedida para gerar bem-estar a qualquer ambiente.

jardineira zen estreita - mbJardineira vertical – Clique para ver na loja.

Para fazer isso, é possível comprar vasos de parede, e fixá-los de maneira independente, diretamente na parede, ou então usar algum tipo de painel para agrupar os vasos. Eles podem ser vasos fixos ou então podem ser usadas pequenas prateleiras de apoio, para deixar os vasos soltos. A vantagem de deixá-los soltos é a facilidade no caso de uma eventual troca de plantas no vaso ou até mesmo da troca do vaso. Existem até algumas prateleiras feitas para isso, em que os vasos ficam soltos, mas embutidos.

vaso de parede trigg - americanasVaso de parede – Clique para ver na loja.

Um ponto importante a ser considerado é a altura onde os vasos serão colocados, pois é preciso regar cada plantinha, e se elas ficarem muito altas pode ser necessário o uso de bancos, o que não é muito prático. O ideal, portanto, é deixá-los no máximo até um pouco acima da altura da cabeça da pessoa que irá fazer a manutenção.

floreira jardim vertical - mbJardineira vertical – Clique para ver na loja.

Outra questão é a composição que os vasos irão formar na parede. No caso do uso de um painel, a posição de cada vaso pode variar bastante, pois o painel em si dá ideia de unidade e organiza o conjunto. Ele pode ser um painel fechado, de madeira ou até mesmo de xaxim, com vasos do mesmo material, ou então vazado, para ficar mais leve.

Mas se forem usados apenas os vasos na parede, é interessante deixá-los alinhados, na vertical ou na horizontal, ou então deixá-los pelo menos com o mesmo espaçamento entre si, criando algum sentido na composição mesmo se estiverem desalinhados. E se as plantas forem pequenas, os vasos devem ficar próximos um dos outros, para ficarem integrados, mas não a ponto de fazer com que as plantas se encostem.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *