COMO CRIAR CONFORTO TÉRMICO COM ÁRVORES

As árvores podem ser uma boa forma de criar conforto térmico nas construções. Basta escolher a posição e o tipo de árvore ideais.

Se as árvores já estiverem no terreno, o projeto deve ser feito de maneira a se adequar à posição de cada uma delas. (Ver também: “Construções que Respeitam a Natureza” e “Como Construir Mantendo as Árvores do Terreno“).

conforto térmico com árvores

Posição das árvores para gerar conforto térmico

Para que a árvore funcione para refrescar os ambientes no calor, é preciso que ela esteja entre o sol e a abertura a ser protegida. A sombra criada pelas árvores é mais agradável e eficiente do que qualquer cobertura.

Por isso é importante analisar a posição do sol em relação à construção, para ver quais aberturas ficam expostas à luz solar. As que recebem os raios de sol por mais tempo ou no horário dos raios mais fortes, que são ao redor do meio dia, são as que mais precisam de proteção.

conforto térmico com árvores

Tipos de árvores para gerar conforto térmico

O tipo de árvore também é importante para gerar conforto térmico. Isso porque qualquer árvore com copa cheia pode bloquear os raios solares na época de calor, mas no inverno essa mesma luz solar é essencial para deixar os ambientes menos frios.

Então as melhores árvores a serem usadas para manter o conforto térmico são as árvores caducifólias, também chamadas de árvores caducas ou decíduas. Esse tipo de árvore perde as folhas nas épocas mais frias, permitindo que a luz solar passe pelos galhos com facilidade. Assim ela bloqueia a luz solar apenas quando preciso, que é na época mais quente.

conforto térmico com árvores

Mas por soltarem muitas folhas, é importante também lembrar de não deixar a copa da árvore caduca sobre o telhado, para não acumular folhas no telhado ou entupir calhas.

Exemplos de árvores caducifólias

As árvores caducas ou caducifólias perdem suas folhas nos meses mais frios. Isso acontece para evitar a transpiração através das folhas, mantendo assim a planta viva nos períodos menos úmidos. As árvores que não funcionam dessa forma têm outras soluções para sobreviver ao frio. Os pinheiros, por exemplo, transpiram menos devido ao formato pontiagudo das folhas, parecido com uma lança.

Alguns exemplos de árvores caducifólias são: Figueira, Caquieiro, Pessegueiro, Ipê, Magnólia, Nogueira, Carvalho, Cerejeira, Ginjeira.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *