GRAMA SINTÉTICA OU NATURAL – QUAL ESCOLHER?

Para saber escolher entre a grama sintética, que é a versão artificial, e a natural, é preciso conhecer as vantagens e desvantagens de cada uma delas.

Limpeza e manutenção

A principal diferença entre a grama sintética e a natural tem a ver com manutenção. O gramado natural, para ficar sempre verdinho e bem aparado, tem que ser constantemente regado e podado, o que envolve gastos e mão-de-obra, enquanto o gramado sintético está sempre ali, pronto e bonito.

Temperatura

Em compensação, nenhum material tem o mesmo efeito da grama natural no que se refere a conforto térmico. A terra  e as folhas refrescam o ambiente e proporcionam uma sensação mais agradável do que a grama sintética. No caso de esquentar demais, esguichar o gramado com água pode ajudar a amenizar o calor.

Em locais com muita sombra, ou até em espaços internos, a grama sintética é mais indicada, já que o gramado natural precisa da luz solar para ficar saudável.

Gastos com instalação

Enquanto a principal vantagem da grama sintética em relação à natural é a facilidade de manutenção, a principal desvantagem é o custo de aplicação. É preciso avaliar, portanto, de acordo com cada circunstância, se os gastos com manutenção serão tão altos a ponto de compensarem o investimento inicial ou não.

grama sintética fast grama

Imagem: Fast Grama

Grama sintética ou natural para cães e gatos

Animais domésticos como cães e gatos costumam gostar muito da textura da grama, seja ela natural ou sintética, que eles usam como se fossem tapetes, para deitar e rolar. Outra vantagem da grama para outros pisos mais duros é o amortecimento do impacto, que protege as articulações dos bichinhos. E isso vale para os dois tipos, natural ou sintético.

Mas além de descansar, eles acabam muitas vezes fazendo suas necessidades no gramado, e nesse ponto o gramado natural é melhor por um lado e pior por outro. A terra e a grama natural absorvem os dejetos, enquanto o material sintético precisa ser limpo com água.

Se o cão for ficar entrando e saindo de casa, a grama natural pode gerar mais sujeira, pois as patinhas podem ficar com lama ou pequenas folhas secas, mas se o local for muito quente e a idéia for gerar conforto acima de tudo, a grama natural é mais indicada, graças ao seu efeito refrescante.

Contato com a natureza

Um aspecto nem sempre considerado é o poder de bem-estar gerado por materiais naturais, até em termos de energia. E o gramado natural cumpre com essa função de maneira muito marcante, diferentemente da grama sintética. É possível, no entanto, misturar os dois, criando canteiros separados por muretas ou pequenos degraus, ou então usar o gramado sintético com vasos de plantas naturais, por exemplo. O efeito visual, de qualquer forma, é sempre agradável.

Imagem de capa: Fast Grama

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

15 comentários em “GRAMA SINTÉTICA OU NATURAL – QUAL ESCOLHER?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *