MICROCIMENTO COBRE SUPERFÍCIES COM E SEM REVESTIMENTO

O microcimento é mais uma alternativa de material para revestir pisos e paredes sem deixar emendas e que pode ser aplicado sobre revestimentos existentes. (Ver também: “Porcelanato Líquido” e “Como Cobrir Revestimento Cerâmico“)

A espessura do microcimento costuma ser de no máximo 3mm, permitindo que ele cubra as paredes e os pisos sem ter que retirar os materiais existentes sem criar problemas na espessura perto de portas e janelas e sem prejudicar a sensação de espaço dos ambientes.

É uma alternativa ao piso de cimento queimado comum, pois seu aspecto é parecido e sua composição também, com a vantagem de não apresentar tantas rachaduras e a desvantagem de ser mais caro do que o cimento simples. Em 2015 os preços variavam de 170 a 300 reais por metro, aproximadamente, incluindo o preço da mão-de-obra.

microcimento - microreve - 2Imagem: Microreve

Composição do microcimento

O microcimento é feito com cimento e polímeros. São os polímeros que o deixam um pouco mais elástico, ou seja, menos rígido do que o cimento comum, e por isso as rachaduras são mais raras, só acontecendo em situações de movimentação da estrutura.

Sobre quais materiais o microcimento pode ser aplicado

O microcimento pode ser aplicado diretamente no contrapiso ou sobre paredes de blocos sem acabamento, pois substitui o reboco, e também pode cobrir revestimentos existentes no piso ou na parede, contanto que eles estejam sem falhas ou rachaduras e sejam de:

– cerâmica
– pedras como mármore, granito ou qualquer outro tipo de pedra lisa
– porcelanato
– azulejo
– carpetes e laminados de madeira
– ladrilhos hidráulicos
– placas de fibrocimento
– placas de gesso e drywall
– superfícies pintadas

Ele não pode, no entanto, ser utilizado sobre tacos ou assoalhos de madeira, madeira de demolição ou pedras com muito relevo, pois esses são materiais muito irregulares, que impedem que a cobertura fique lisa.

microcimento - microreve - 1Imagem: Microreve

Características do microcimento

– Pode ser usado em ambientes internos e também em ambientes úmidos como cozinhas, banheiros e áreas externas, e até mesmo para revestir piscinas ou bancadas. Basta que seja aplicado um material impermeabilizante.

– Tem aparência de cimento acinzentado na sua composição original, mas conta também com opções de outras cores.

– Sua textura é parecida com a do cimento, embora fique mais suave devido ao polimento que costuma ser feito no final da aplicação. O desempenho térmico é similar ao do cimento, que é basicamente neutro, ou seja, não absorve muito calor nem é tão frio quanto cerâmicas e pedras, por exemplo.

– Dependendo do material escolhido para o acabamento, o aspecto final pode ficar fosco ou brilhante, e com mais ou menos manchas.

– Com a manutenção correta, que é a limpeza com pano úmido e aplicação periódica do material selante e impermeabilizante, o material é altamente durável.

microcimento - microreve - 3Imagem: Microreve

Como aplicar microcimento

O material tem consistência pastosa, parecida com a de uma massa texturizada ou argamassa, e é aplicado com o auxílio de uma espátula.

E uma vantagem sobre o cimento queimado é que ele não precisa de juntas, sendo portanto mais fácil de ser aplicado e podendo ficar totalmente homogêneo, sem aquelas riscas feitas a cada 1 metro aproximadamente. As riscas podem ser feitas, mas nesse caso são opcionais e apenas decorativas.

Imagem de capa: Microreve

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Um comentário em “MICROCIMENTO COBRE SUPERFÍCIES COM E SEM REVESTIMENTO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *