DICAS PARA PROJETAR E ARRUMAR O CLOSET

Arrumar os closets requer certos cuidados que aproveitam melhor o espaço e impedem a formação de bagunça. Alguns desses cuidados devem vir desde o projeto, e outros envolvem apenas alguns truques na distribuição dos objetos dentro dos armários.

Como projetar e arrumar o closet

Confira algumas dicas que podem ser úteis na hora de projetar ou arrumar o closet.

– Objetos de maior uso na altura intermediária

Uma das dicas mais básicas para arrumar o closet ou qualquer outro armário é deixar os objetos mais utilizados nos lugares de mais fácil acesso, que são, em primeiro, a altura do tronco, em segundo lugar na parte mais baixa dos armários, na altura das pernas e por último nas partes mais altas, acima da cabeça, onde é preciso se esticar demais ou subir em algum banco ou cadeira para pegar as roupas ou acessórios. Se possível, essas áreas devem ser reservadas apenas para objetos maiores e de pouco uso, como malas por exemplo.

– Sapateiras pouco profundas

sapateira milla - mb - arrumar o closetSapateira – Clique para ver na loja.

Os sapatos normalmente não precisam de muita profundidade no armário para serem guardados, e é até bom que eles fiquem em armários pouco profundos para que não surja uma fileira atrás e outra na frente, dificultando o acesso aos calçados de trás. As sapateiras são então uma boa pedida para aqueles cantos que costumam sobrar no ambiente.

– Prateleiras retráteis ou inclinadas

aproveitar espaço armarios 2-decorpad - arrumar o closetImagem: Decorpad

Uma outra solução para deixar as sapateiras mais práticas, caso o armário seja mais profundo, é usar prateleiras retráteis, ou seja, com corrediças nas laterais, ou então prateleiras fixas inclinadas, para que os sapatos da fileira de trás fiquem também bem visíveis e fáceis de serem retirados do armário.

– Aproveitando os cantos

etsy - arrumar o closetImagem: Etsy

A pior solução para os cantos dos armários em L é usar prateleiras fixas, pois as roupas que ficam bem na virada acabam ficando bloqueadas pelas outras roupas, que ficam perto das portas. O melhor é usar cabideiros ou então prateleiras redondas giratórias, com o canto do armário aberto, para que toda essa área continue com uma boa acessibilidade.

– Prateleiras giratórias para objetos pequenos

Essas mesmas prateleiras giratórias que aproveitam os cantos servem também para armários que não estão no canto, mas que armazenam pequenos objetos como perfumes, cintos ou outros acessórios. Isso porque o fundo do armário, assim como nas prateleiras retráteis, fica tão fácil de ser alcançado quanto a frente, impedindo aquela bagunça que surge quando remexemos em todos os objetos para procurar por algum em específico.

– Ganchos nas portas ou paredes

cabideiro-carraro- arrumar o closetCabideiro suspenso – Clique para ver na loja.

Ganchos e cabideiros são uma boa opção para pendurar bolsas, cintos ou roupas em uso, e podem ser utilizados nas paredes onde não existam armários ou então nas portas dos armários, de preferência do lado de dentro, se houver espaço.

– Objetos pequenos em caixas

bolsas em caixas - houzz - arrumar o closetImagem: Houzz

Um truque muito comum e eficiente para arrumar os armários é usar caixas e cestos, especialmente para objetos pequenos. Mas para que eles funcionem bem é preciso verificar se existe a paciência para colocar os objetos sempre de volta na caixa na hora de guardar. Sapatos, por exemplo, podem ficar bem quando organizados e empilhados em caixas, mas no dia-a-dia pode ser que os sapatos fiquem jogados e as caixas vazias, por falta de hábito de guardá-los lá dentro. Se esse não for o caso, as caixas são uma ótima pedida, pois organizam e protegem os objetos, principalmente em armários abertos ou no chão.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *