PLANTAS QUE PODEM FICAR DENTRO DE CASA

Algumas plantas podem e até precisam ficar na sombra, pois não resistem à luz solar direta. Essas plantas são então as mais indicadas para o cultivo dentro de casa.

É sempre importante, no entanto, que exista luminosidade natural no ambiente. Isso porque as plantas precisam da luz para fazer fotossíntese, ou seja, para fabricar seu próprio alimento. Não é aconselhado, então, deixar as janelas quase todo o tempo fechadas.

Onde colocar plantas dentro de casa

O local exato de cada planta depende de cada ambiente. Mas de forma geral elas podem ficar em vasos no chão, na parede, sobre os móveis ou até pendurados no teto. Se a intenção for pendurá-las, é preciso apenas que o teto seja uma laje e não um forro. Podem ser usadas também plantas alimentícias, criando pequenas hortas na cozinha ou na varanda, por exemplo.

vaso auto irrigável para hortaVaso auto irrigável para horta – Clique para ver na loja.

Plantas para dormitórios

As plantas mais indicadas para os quartos possuem características específicas, como não produzir odores noturnos. Dependendo da planta usada no quarto, o sono pode até melhorar.

Alguns exemplos de plantas que podem ser usadas nos quartos são a gerbera, a espada de são jorge, o clorofito, o jasmim, a alfazema ou lavanda, a babosa ou aloe vera, a jibóia, a hera, o lírio da paz e a palmeira dama. Veja no post “Plantas no Quarto – Espécies Ideais” as características específicas de cada uma dessas plantas e quais seus efeitos.

Plantas para banheiros

As plantas que gostam de sombra podem ficar dentro de casa, mas para ficar no banheiro é preciso que elas sejam resistentes também a muita umidade e pouca iluminação.

Alguns exemplos de plantas que podem fica no banheiro são: Asplênio, avenca, mini cacto, caládio, camedórea-elegante, comigo-ninguém-pode, espada-de-são-jorge, filodentro, kalanchoe, lírio-da-paz, orquídea, peperômia, violeta e zamioculca.

Plantas para qualquer ambiente interno

As plantas que não precisam de muita luminosidade ou contato direto com a luz do sol podem funcionar bem dentro de casa. Mas é importante considerar, entre essas plantas, quais se adaptam melhor a condições específicas de cada local, como:

  • Quantidade de luz solar que bate no local onde ficará a planta, pois algumas precisam de sombra constante e outras gostam de um pouquinho de sol de vez em quando
  • Existência ou não de ar-condicionado, pois algumas plantas podem gostar de sombra mas não sobrevivem em temperaturas muito baixas

Veja as características de algumas plantas que podem ser usadas dentro de casa:

  • Antúrio:

    Possui flores chamativas, e gosta de lugares iluminados, porém sem contato direto com a luz solar. Requer solo úmido, e precisa de muita rega.

    plantas para dentro de casa

  • Babosa de pau:

    Muito versátil, pode ser plantada em vasos ou em canteiros com outras plantas. Fica bem no chão, pois é mais larga do que alta. Não deve ter contato direto com a luz do sol nem com temperaturas muito baixas, como geadas, ou ao ar-condicionado, que além de gerar frio resseca o ar. A babosa precisa de umidade.

    plantas para dentro de casa

  • Camedórea elegante:

    Palmeira ornamental de pequeno porte, que pode ser plantada em vasos. Mesmo quando está plantada no solo, não ultrapassa a altura de 2 metros. Prefere ambientes mais úmidos, com rega frequente, e sem contato direto com a luz solar.

    plantas para dentro de casa

  • Cheflera:

    Planta muito resistente, que fica maior conforme o tamanho do vaso. Requer poucos cuidados, e pode ter muito ou pouco contato direto com a luz do sol. Precisa ser plantada em vasos sem outros tipos de plantas, para não prejudicá-las.

    plantas para dentro de casa

  • Dracena ou pau d’água:

    Não precisa de muita luminosidade nem de conato direto com a luz do sol. Portanto é ideal para ambientes com poucas janelas. Exige pouca manutenção, pois não precisa de muita água, mas não resiste a temperaturas muito baixas.

    plantas para dentro de casa

  • Jade:

    Planta que requer poucos cuidados, bastante usada dentro de casa. A terra onde está plantada requer pouca rega, e inclusive não deve ser encharcada. Pode ficar na sombra, mas deve receber luz solar direta em pelo menos uma parte do dia.

    plantas para dentro de casa

  • Jibóia:

    Uma das poucas trepadeiras que se adapta bem a ambientes fechados. Suas folhas ficam verde e amarelas se ficar exposta ao sol e somente verde se ficar sempre na sombra. Precisa de rega constante, pois gosta de umidade.

    plantas para dentro de casa

  • Lança de são jorge:

    Resistente e imponente, com folhas cilíndricas esculturais e flores em algumas épocas do ano. Não precisa de contato direto com a luz solar e precisa ser regada sem molhar as folhas.

    plantas para dentro de casa

  • Lírio da paz:

    Pode ficar sempre na sombra, com pouca luz. A luz solar queima suas folhas, por isso não deve ter contato direto. Cresce rápido em ambientes mais quentes, e não resiste a temperaturas muito baixas.

    plantas para dentro de casa

  • Violeta:

    Pequena planta com folhas aveludadas e flores coloridas. Costuma gostar do contato com a luz indireta do sol. Ou seja, um local com bastante luminosidade mas sem a incidência de raios solares diretamente sobre ela. A rega precisa ser feita apenas na terra, sem molhar as folhas ou as flores.

    plantas para dentro de casa

  • Zamioculcas:

    Planta muito resistente, que não precisa ser regada com muita frequência. Pode ficar em locais pouco ou muito iluminados. Porém costuma ficar com as folhas mais brilhantes quando recebe pouca luminosidade. Não suporta o contato direto com os raios solares e prefere ambientes quentes.

    plantas para ambientes internos

Lembre-se sempre de verificar se a planta a ser escolhida é venenosa, especialmente se elas ficarem ao alcance de crianças e animais. Nesse caso, prefira as que podem ser ingeridas, que são a maioria.

Vasos auto-irrigáveis facilitam a manutenção

Uma maneira prática de ter plantas dentro de casa sem ter que se preocupar com a rega constante são os vasos auto-irrigáveis. Eles ficam com água em um reservatório, e a planta vai puxando conforme precisa. Assim é possível viajar tranquilo, com a própria plantinha cuidando dela mesma. A única preocupação é a de repor a água do reservatório de vez em quando.

E os vasos auto irrigáveis são relativamente simples, pois não precisam de energia elétrica ou tecnologias avançadas. Veja aqui alguns vasos auto-irrigáveis para plantas decorativas ou para hortas na loja.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *