CONSTRUINDO COM ISOPOR

O isopor é na verdade uma marca de um material chamado EPS (poliestireno expandido). Muito utilizado em lajes por ser um material muito leve, portanto fácil de transportar, e também isolante, pode ser usado também nas paredes, através do sistema construtivo apropriado.

casa de isopor
Imagem: LCP Construções

As construções com EPS possuem paredes autoportantes, isso é, que dispensam o uso de pilares e vigas, evitando assim o desperdício com fôrmas de madeira e escoramento das vigas. Além disso, fazem menos sujeira e requerem menos recursos como ferro e cimento, sendo por isso mais ecológicas.

As paredes são compostas por duas grelhas aramadas com chapas de EPS entre elas, que são fixadas e em seguida recebem um banho de argamassa dos dois lados. A tubulação de hidráulica e elétrica é instalada antes da aplicação da argamassa, evitando assim o desperdício de tempo e material gerado por quebradeiras como acontece no sistema de alvenaria convencional.

O sistema construtivo em EPS, assim como outros métodos similares, (Ver também “Wood Frame – Construção Sustentável“) são amplamente utilizados no exterior, especialmente por sua resistência a terremotos, mas também por suas inúmeras vantagens, tais como a facilidade e rapidez de execução, redução dos desperdícios e do custo final da obra, e no caso do EPS também a vantagem em termos de eficiência termo-acústica, já que se trata de um material isolante.

As paredes possuem espessura reduzida e ficam com aspecto semelhante ao da alvenaria, somente com a espessura um pouco menor. Ao bater na parede, como normalmente se faz para saber se ela é de qualidade ou parece oca como as paredes de gesso, por exemplo, não é possível diferenciá-las das paredes de tijolo comuns.

Imagens: LCP Construções

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

15 thoughts on “CONSTRUINDO COM ISOPOR”

  1. Tenho pesquisado sobre essa novidade, mas os profissionais tem praticado preços que desestimulam trabalhar com isopor. No final, permanece quase o mesmo custo, o que uma verdadeira afronta ao mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *