ESCADA FLUTUANTE – COMO É FEITA E QUANDO USAR

A escada flutuante é dos vários tipos de escada, que podem ser com apoio central, em cascata, ou vários outros tipos. (Veja aqui todos os tipos de escadas).

Como é a escada flutuante

O que define uma escada como sendo do tipo flutuante é que ela tem degraus soltos uns dos outros, e cada um deles é preso apenas na parede lateral. São na verdade degraus flutuantes, então.

escada flutuante

Ela impressiona por parecer que os degraus estão realmente flutuando, graças à falta de suporte. Mas ela fica bem presa mesmo assim, porque a fixação na parede é feita de maneira reforçada.

Como é feita a escada flutuante

A escada flutuante tem toda uma estrutura embutida na parede lateral, onde os degraus ficam presos. É uma estrutura metálica que sustenta cada degrau, fazendo uma espécie de “L”. Então cada degrau fica sendo só uma ponta desse L, presa em toda essa armação. É por isso que os degraus ficam bem presos. E embora sua armação seja metálica, a forma dos degraus é feita com concreto, que pode então ser revestido com madeira, mármore ou outros materiais.

Quando usar escadas flutuantes

A escada flutuante funciona muito bem quando a intenção é criar um visual bem leve e moderno. Mas não é a opção mais segura para casas com pessoas idosas ou crianças. E isso por dois motivos:

  • Ausência de corrimão ou corrimão vazado

A escada flutuante, para manter seu visual bem leve, costuma ser usada sem corrimão. Ou então é colocada apenas uma barra suspensa, por exemplo. Por isso o vão lateral fica bem livre, podendo então ser um local com risco de quedas. Mas isso pode ser resolvido usando uma lateral de vidro, caso possa ser feito esse investimento.

Imagem: Vidro Laser
  • Quinas dos degraus

As quinas dos degraus das escadas flutuantes podem se tornar locais fáceis de se bater a cabeça. Basta estar andando sem olhar para cima, por que a escada em si não tem nada que obstrua a passagem a não ser os próprios degraus. Mas isso pode ser resolvido ao criar qualquer elemento na parte de baixo que bloqueie a passagem, como jardins,por exemplo. (Veja algumas ideias para o espaço sob a escada).

E não tem como prender esse tipo de escada em paredes existentes, que não tenham essa estrutura embutida. Portanto é preciso que as paredes estejam sendo contruídas ou então possam ser quebradas para isso.

Escada suspensa

Às vezes a escada flutuante é também chamada de escada suspensa. Mas isso gera um pouco de confusão, porque a escada suspensa existe, e é sustentada por cabos de aço, e não apenas pela parede como a escada flutuante. Veja abaixo um exemplo de escada suspensa:

escada suspensa

Formas das escadas flutuantes

A escada flutuante pode ter várias formas, desde a forma reta até a em “U” ou em “L”. Basta que existam paredes em uma das laterais. Os degraus em curva podem ser fixados da mesma forma que os degraus retos.

Imagem de capa: Vidro Laser

Cursos e e-books que você pode gostar:

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *