TIPOS DE CORTINAS E PERSIANAS

Existem tantos modelos diferentes de cortinas e persianas no mercado que fica até difícil escolher. Por isso é preciso pelo menos saber qual é qual, e então ver qual se encaixa melhor em cada situação.

Tipos de cortinas

As cortinas de tecido solto e maleável são boas para criar sensação aconchegante e acolhedora nos ambientes. Elas podem ser de dois tipos basicamente: De trilho ou de varão. E se forem de varão, podem ser com ilhós ou com argolas. Entenda o que é cada um desses tipos:

  • Cortinas de trilho

tipos de cortinas e persianas - cortina para trilhoCortina de trilho – Clique para ver na loja.

As cortinas de trilho ficam presas a um trilho, como diz o nome. O trilho é uma régua metálica presa no teto, onde correm as pequenas peças onde a cortina fica pendurada. Ela é ideal para situações em que a parte de cima da cortina fica embutida, pois o trilho deve ficar escondido. Veja cortinas de trilho na loja.

  • Cortinas de varão

tipos de cortinas e persianas - cortina de varãoCortina de varão com argolas – Clique para ver na loja.

As cortinas de varão ficam penduradas em um varão, que é uma haste com forma cilíndrica. Essa haste, por sua vez, fica apoiada em suportes presos na parede. Se a cortina ficar pendurada no varão através de argolas aparentes, acima da cortina, ela é uma cortina de argolas. E se tiver furos na parte superior do tecido, por onde passa o varão, ela é uma cortina com ilhós. Veja cortinas de varão na loja.

tipos de cortinas e persianas - cortina de varão com ilhósCortina de varão com ilhós – Clique para ver na loja.

Tipos de persianas

As persianas diferem das cortinas por terem formas mais geométricas, mais retas do que o tecido solto. Elas podem ser feitas com materiais mais rígidos, como madeira, PVC ou alumínio, por exemplo, ou então com tecidos em chapas. Com esse visual mais reto elas conferem sensação mais moderna aos espaços.

O acionamento das persianas pode ser feito manualmente, puxando a cordinha, ou então automaticamente, por controle remoto. O sistema de abertura por controle remoto é bem mais caro do que o sistema manual, mas o conforto e manutenção são também maiores. Confira quais são os principais tipos de persianas disponíveis atualmente no mercado:

  • Persiana vertical

Persiana feita com chapas dispostas na vertical, uma ao lado da outra. Quando aberta, essas chapas se acumulam nas laterais. E mesmo antes de ser aberta, as lâminas verticais podem ser giradas, para ficarem perpendiculares umas às outras, com um pequeno espaço entre elas. Assim ela permite a entrada de luz e a visibilidade parcial, com um efeito diferenciado. Veja como é a persiana vertical no vídeo abaixo:

Para ver persianas verticais na loja, clique aqui.

  • Persiana horizontal

Similar à persiana vertical, porém com chapas dispostas na horizontal, uma sobre a outra. A vantagem é que ao ser totalmente aberta não é ocupado nenhum espaço na lateral. Então a janela pode ficar totalmente exposta. Por outro lado, pode não ser a melhor opção para portas ou divisórias, pois precisa ser sempre totalmente aberta para permitir a passagem. Veja como funciona a persiana horizontal no vídeo abaixo:

Para ver persianas horizontais na loja, clique aqui.

  • Persiana rolô

A persiana rolô tem esse nome por ser “enrolável”. Ou seja, ela vira um rolo sobre a janela quando está aberta. Isso permite que a janela fique totalmente aberta sem ocupar muito espaço. E quando está fechada, ela é basicamente um painel, mas pode ter vários efeitos diferentes dependendo do tecido utilizado. Existe, por exemplo, a opção de fazer faixas no tecido, com uma parte mais translúcida do que a outra. Outra possibilidade interessante é usar o tecido “screen”, que bloqueia a entrada de raios nocivos do sol mas mantém certa transparência. Veja uma persiana rolô sendo aberta no vídeo abaixo:

Para ver persianas rolô na loja, clique aqui.

  • Persiana rolô dupla

Essa é basicamente a persiana rolô normal, porém com dois painés ao invés de um só. A persiana fica mais encorpada e surge um efeito de movimento na hora de abrir a persiana quando se usa o tecido com faixas. Veja no vídeo abaixo:

Para ver persianas rolô duplas na loja, clique aqui.

  • Persiana plissada

A persiana plissada é também chamada de “plissê”, e tem basicamente forma sanfonada. Por isso ela tem riscos horizontais em toda a sua extensão, que trazem um visual que lembra a persiana horizontal quando aberta, porém que fica lisa quando está fechada. Ela pode ser feita em forma quadrada ou retangular, como as outras cortinas, ou então em ângulo, para janelas com formas irregulares. Veja no vídeo abaixo:

Para ver persianas plissadas na loja, clique aqui.

  • Persiana celular

A persiana celular também parece ser sanfonada, porém ela não tem apenas um tecido em zigue zaque, e sim dois, um na frente do outro, ligados de forma a formar pequenos losangos ou hexágonos na lateral. É basicamente como se fosse a versão dupla da persiana plissada. Por isso existe uma proteção maior em relação aos raios solares e aos ruídos. Outra característica da persiana celular é a versatilidade, já que ela pode ter vários tecidos na mesma persiana, sendo possível escolher qual fica aberto e qual fica fechado. Veja no vídeo abaixo como funciona a persiana celular:

  • Persiana romana

A persiana romana quando está fechada parece apenas um painel simples, com apenas algumas linhas horizontais quebrando a monotonia do visual. Essas linhas na verdade são divisões da persiana, que quando se abre faz uma forma no tecido similar a uma gota, que vai se encaixando uma na outra em camadas. E ao ficar totalmente aberta, fica um pequeno painel na parte de cima. É uma alternativa visualmente interessante quando se quer algum requinte e elegância na decoração. Veja uma persiana romana no vídeo abaixo:

Para ver persianas romanas na loja, clique aqui.

  • Persiana diamond

As persianas diamond são muito leves e versáteis. São duas camas de tecido bem transparente, na frente e atrás de lâminas na horizontal. Isso faz com que ela se pareça com uma persiana horizontal, porém com visual mais leve, por ser feita de tecido e por não precisar de cordas de sustentação, já que o tecido transparente funciona como sustentação. Então as chapas horizontais da persiana parecem estar flutuando. E a versatilidade é porque ela funciona como uma persiana horizontal realmente, podendo ficar com as chapas horizontais totalmente abertas ou fechadas, ou então apenas viradas no ângulo que se quiser, permitindo a entrada parcial de luz. Veja uma persiana diamond em funcionamento no vídeo abaixo:

  • Persiana painel

 A persiana painel corre para os lados, como se fossem grandes divisórias. Cada painel é liso, e composto por apenas uma lâmina de tecido. É uma boa opção para janelas muito largas, pois os painéis podem ser grandes e ficarem sem espaços entre um e o outro. Nas persianas rolô, diamond ou romanas, por exemplo, ficam pequenos vãos entre uma persiana e outra, para que elas possam subir livremente. Veja como funciona a persiana painel no vídeo abaixo:

Para ver persianas do tipo painel na loja, clique aqui.

  • Persiana drop sheer

A drop sheer é uma persiana com visual diferente e atrativo, que fica em camadas quando está fechada. Ela é composta por várias tiras de tecido que se curvam na ponta quando a persiana se fecha, e se esticam quando ela começa a abrir. E então ela fica como se fosse um painel, e sobe até virar um rolo acima da janela, como uma rolô. Veja uma persiana drop sheer no vídeo abaixo:

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *