TIPOS E MODELOS DE TORNEIRAS

As torneiras podem ser classificadas de acordo com o local onde são instaladas, o tipo de funcionamento e também de acordo com os modelos. Ou seja, dá para se confundir.

Para começar, elas podem não ser torneiras e sim misturadores, que é o nome que se dá para as peças preparadas para receber água quente e fria. Os misturadores podem ter o acionamento em dois elementos separados, um para a água quente e outro para a fria, ou então serem do tipo “monocomando“, que é aquele em que uma única peça, dependendo do lado para onde girar, aciona tanto a água quente quanto a fria.

misturador moblyMisturador de mesa com bica alta – Clique para ver na loja.

Torneiras de parede e torneiras de bancada diferem entre si pelo local onde são fixadas. As torneiras instaladas na parede ficam com o sifão embutido, liberando espaço no gabinete sob a pia. Por outro lado, o fato de ser embutido faz com que a manutenção seja mais complicada, pois em caso de vazamento é preciso quebrar a parede para consertar. O importante é lembrar que a escolha entre as torneiras de parede ou de bancada deverá ser feita antes da execução dos pontos de hidráulica, já que as alturas são diferentes nas duas situações.

torneira parede mbTorneira de parede com fechamento automático – Clique para ver na loja.

Existem também as torneiras de piso, que, como o nome diz, são instaladas no piso. Elas foram criadas para situações em que não existam paredes ou bancadas para a fixação da peça, e por serem diferenciadas são também mais caras.

torneira de piso mbMisturador monocomando de piso – Clique para ver na loja.

Outro termo associado às torneiras é a famosa “torneira de bica alta“. Isso significa que a torneira é mais comprida, adequando-se para o uso com cubas de apoio, mas podendo ainda ser usada com outros tipos de cubas. (Ver também: “Tipos de Cuba“)

torneira cuba de apoio mbMisturador monocomando de mesa com bica alta – Clique para ver na loja.

Sendo assim, o tipo de torneira escolhido tem a ver com os pontos existentes na parede e com a presença ou não de água quente, e irá interferir também nos furos que devem ser feitos na cuba ou na bancada, já que misturadores monocomando precisam de apenas um furo, assim como torneiras simples, mas os misturadores com acionamentos separados precisam de 3 pontos – dois para os comandos e 1 para a peça central, de onde sai a água. É preciso, então, muito cuidado e atenção nessa hora para que tudo se encaixe.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *