CASA DE ÓPERA EM SYDNEY, NA AUSTRÁLIA

A famosa construção conhecida como “Opera House” ou Casa de Ópera foi feita em Sydney, na Austrália, de 1959 a 1973.

Foi necessário todo esse tempo devido à complexidade de formas da construção. E foi essa forma que deixou a obra muito conhecida mundialmente.

Conceito do projeto

O projeto da Casa de Ópera é muito simbólico. O arquiteto se inspirou em formas, funções e cores da natureza. De maneira indireta, as formas do projeto remetem a asas de pássaros, nuvens, conchas, nozes, rios, folhas de palmeiras e também a cores naturais. Para o arquiteto Utzon, a eficiência da natureza era a verdadeira beleza.

casa da ópera - sydney opera house

Outra maneira de associar a natureza à construção foi brincar com luzes e sombras, especialmente através da forma da cobertura.

A construção é pré-fabricada e utiliza materiais industrializados, principalmente concreto. Mas teve preocupações com sustentabilidade, como a reciclagem da água para utilização no sistema de ar-condicionado.

Qualquer espaço afeta diretamente as sensações dos usuários, e esse projeto teve como intenção inspirar as pessoas que tivessem contato com a obra. Como uma grande e dinâmica escultura.

casa da ópera - sydney opera house

Características da Casa de Ópera

A Ópera de Sydney é considerada a mais importante atração turística da Austrália. É um ícone mundialmente conhecido da cidade de Sydney.

A Ópera de Sydney tem cerca de 1000 divisões, incluindo cinco teatros, cinco estúdios de ensaio, dois auditórios, quatro restaurantes, seis bares e numerosas lojas de recordações.

casa da ópera - sydney opera house

Conflitos durante a obra da Casa de Ópera

A obra da Casa de Ópera foi bastante complicada, e marcada por conflitos. A relação entre o arquiteto e o Ministro de Obras Públicas de Sydney, Davis Hughe, era complicada, e algumas soluções do projeto foram modificadas durante a obra por motivos técnicos e econômicos.

A forma de cobertura, por exemplo, mesmo sendo tão característica dessa construção, era originalmente diferente. Mas após inúmeros experimentos e estudos, essa foi a forma considerada viável financeiramente e estruturalmente. A forma original era mais curva, sem interrupções. As outras alterações foram na parte interna no edifício, em especial algumas características ligadas à acústica dos ambientes.

casa da ópera - sydney opera house

A batalha entre a visão do arquiteto e o orçamento foi se agravando durante os primeiros anos da obra, até que o arquiteto a abandonou. A notícia que se tem é que ele nunca chegou a voltar para a Austrália para ver a construção concluída.

casa da ópera - sydney opera house

Sobre o arquiteto Jorn Utzon

Jorn Utzon era um arquiteto dinamarquês, nascido em 9 de abril de 1918 e falecido em 29 de novembro de 2008. Até 1957, quando foi anunciado como vencedor do concurso para o projeto da Casa de Ópera em Sydney, ele era relativamente desconhecido. Ao comentar suas visões sobre esse projeto, Jorn demonstrou seu perfil poético e sonhador, afirmando que “o sol não sabia quão bela era sua luz, até que ela foi refletida por esse edifício”.

Vídeo da Casa de Ópera em Sydney

Assista ao vídeo sobre a Casa de Ópera de Sydney:

Projeto de: Jorn Utzon

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *