DICAS PARA MISTURAR MATERIAIS NA DECORAÇÃO

A decoração dos ambientes envolve misturar materiais dos pisos, paredes, móveis e acessórios. É importante então saber como misturá-los de maneira a gerar equilíbrio e harmonia, além de deixar a decoração com o efeito desejado.

O efeito de cada material na decoração

O primeiro passo para saber misturar os materiais é saber quais as características e efeitos gerados por cada um deles. Os metais e pedras, por exemplo, têm temperatura mais fria, embora os metais tenham efeito moderno e as pedras um aspecto mais rústico, em geral. Os tecidos deixam os ambientes mais aconchegantes e acolhedores, por absorverem o som. A madeira tem temperatura amena e efeito também acolhedor. Saiba mais sobre as sensações causadas por cada material aqui.

como misturar materiais na decoração

Efeitos criados ao misturar materiais no ambiente

Com essas características em mente, podemos usar os materiais para gerar o efeito que queremos em cada ambiente. Se a ideia for deixá-lo totalmente clean, por exemplo, não devem ser usados materiais com muita textura ou muito rústicos, como a madeira por exemplo. Mas se a intenção for misturar o efeito clean com uma sensação acolhedora, podem ser misturados materiais como metais, tecidos e madeira, para dosar as características de cada um.

Mistura de estampas

Ao misturar materiais com estampas diferentes, é preciso tomar um certo cuidado. Mesmo se as cores de uma estampa combinar com a outra, se elas forem colocadas muito próximas elas podem brigar entre si. O visual fica pesado, e as duas estampas parecem embaralhar a vista. Para resolver isso é só intercalar as estampas com materiais lisos. Assim cada estampa fica cercada por um fundo  que realça seu desenho, sem competir com a outra estampa.

como misturar materiais na decoração

Mas mesmo intercalando as estampas diferentes com materiais lisos, é importante não exagerar no uso de estampas. Se existirem muitas estampas em um mesmo ambiente, algumas delas devem ser pelo menos mais discretas.

Como misturar azulejos de tamanhos diferentes

Quando se mistura azulejos de tamanhos diferentes no banheiro, o quadriculado dos rejuntes fica desalinhado. Isso pode gerar sensação bagunçada no visual, impedindo que os dois azulejos combinem.

A solução para isso é fazer com que um desses dois materiais sejam pastilhas, ou seja, azulejos bem menores do que os outros que serão colocados ao seu lado. Assim cada linha do rejunte não fica mais tão chamativa, dando destaque parra o todo. Com isso não se percebe mais as linhas desencontradas entre um material e o outro.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *