PRÉDIO NO RJ PRODUZ MAIS ENERGIA DO QUE CONSOME

Reformado em 2014 pelo escritório de arquitetura Triptyque, o prédio de salas comerciais RB12 é o primeiro edifício do Brasil com energia positiva, ou seja, que produz mais energia elétrica do que consome.

A fachada do prédio protege do calor

O principal destaque do projeto é a fachada, que ganhou vidros em zigue-zague e plantas na parte da frente, para proteger do calor, e painéis solares na lateral.

prédio energia elétrica rj - triptyque - 1

Consumir menos energia, produzir mais

Essa mistura de elementos que melhoram a condição térmica naturalmente  com recursos que captam energia solar mostra a preocupação não só em gerar energia, mas também em consumir menos, com soluções que diminuem a necessidade de equipamentos de refrigeração artificial, como o ar-condicionado.

prédio energia positiva rj - triptyque - 2

Jardim no terraço do prédio

Com esse intuito foi feito também um jardim no terraço, que, além de ajudar no conforto térmico dos ambientes, ainda proporciona a melhoria de qualidade do ar da região. (Ver também “Telhados Verdes“)

prédio energia positiva rj - triptyque - 3-2

O prédio pode começar a fornecer energia elétrica

Outro recurso utilizado na construção do prédio foi a inclusão de pontos para colocar células de hidrogênio que transformarão o gás de rua em eletricidade, adequando antecipadamente a estrutura para o projeto de lei brasileira que, se aprovada, permitirá o uso da energia elétrica produzida não só para o consumo próprio, mas também a venda de seu excedente.

predio energia positiva rj - triptyque - 4

Veja também outros posts do site com assuntos ligados ao aproveitamento da energia solar, redução do consumo de energia, aproveitamento das águas de chuva e construções auto-suficientes:

Projeto e imagens: Tryptique Arquitetura
Veja mais projetos ou dicas sustentáveis.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *