TIPOS DE CUBAS PARA COZINHA

As cubas para cozinha têm em comum o fato de serem normalmente de embutir e feitas em inox, mas existem algumas diferenças que precisam ser consideradas na hora de escolher o melhor modelo para cada situação.

Um dos principais pontos é considerar se ela vai ser simples ou dupla, ou seja, com uma única cuba ou com duas cubas associadas. A cuba simples é ideal para espaços menores, onde não exista largura suficiente na bancada para colocar a cuba e ainda sobrar uma área para o manuseio de alimentos. Já a cuba dupla funciona melhor quando muita louça fica acumulada ou precisa ser lavada ao mesmo tempo, pois uma parte pode ficar em uma parte e a outra ainda fica livre para ser usada na lavagem ou no manuseio de alimentos.

cuba cozinha 2 pfClique aqui para ver cubas de cozinha na loja.

Para espaços intermediários onde a segunda cuba seja necessária, podem ser usados modelos de cuba dupla em que uma delas é bem pequena, menor do que a outra.  As maiores cubas são as cubas triplas, que possuem, além das duas cubas de mesmo tamanho, uma parte central reduzida.

cuba cozinha 5 pfClique aqui para ver cubas de cozinha na loja.

Assim como as cubas de banheiro, as cubas de cozinha também podem ter furos para colocar torneiras ou serem independentes, para situações em que a torneira fique na bancada ou na parede, e podem ser totalmente embutidas ou então de sobrepor, que é aquela que fica com a borda sobre a bancada.

cuba cozinha 3 pfClique aqui para ver cubas de cozinha na loja.

Para a função de manusear alimentos, existem também modelos ainda mais apropriados, com um espaço que serve para cortar frutas e legumes, por exemplo, que dispensa o uso de tábuas e é mais fácil de ser limpo do que a bancada. Em alguns casos essa área extra é utilizada como escorredor, pois a textura facilita o escoamento da água.

É possível também encontrar cubas com outros tipos de acessórios que as deixam mais práticas, como cestos para colocar alimentos, fundo removível ou tábuas de madeira que se encaixam nas cubas.

cuba cozinha 1 pfClique aqui para ver cubas de cozinha na loja.

Em relação à forma, existem as cubas redondas e as quadradas ou retangulares, sendo as redondas simples mais recomendadas para locais de pouco uso ou acúmulo de louça, como pequenos bares ou balcões em ilha, apenas para apoio, como uma cuba extra. Isso só porque elas se encaixam melhor em qualquer canto por serem normalmente menores, mas todas podem variar em termos de profundidade, e com isso aumentar um pouco a área disponível e a facilidade para lavar objetos maiores, por exemplo. E atualmente existem até as cubas duplas redondas, que conferem visual mais descolado à cozinha.

cuba cozinha 4 pfClique aqui para ver cubas de cozinha na loja.

E quanto ao material, elas podem ser com brilho ou acetinadas, sendo que as acetinadas – ou escovadas – costumam ser um pouco mais caras porém também são mais resistentes a riscos. E as de sobrepor possuem também um pouco mais de variedade em relação ao acabamento externo, como alguns modelos de cuba que possuem vidro.

Para ver as cubas que aparecem neste post na loja é só clicar nas imagens, ou pesquise mais modelos aqui.

Cursos e e-books que você pode gostar:
Veja também:

36 comentários em “TIPOS DE CUBAS PARA COZINHA”

  1. DÚVIDA SOBRE CUBA E TORNEIRA

    Olá, Fernanda. Em primeiro lugar, parabéns pelo seu site e o trabalho que realiza. Tenho algumas dúvidas relacionadas a cuba, torneira e bancada. Ficaria agradecido se puder me auxiliar, de preferência o quanto antes pois estou no meio de uma reforma.
    É o seguinte. Fiz a encomenda de móveis planejados para cozinha, área de serviço, sala de jantar e varanda.
    A bancada da cozinha tem cerca de 1,90 m de largura. A “profundidade” da bancada é de apenas 54,5 cm.
    Me recomendaram, gostei e pretendo comprar uma cuba com 50 cm de largura e 40 cm de “profundidade”(500 x 400 x 200 mm interno). Essa cuba toma muito espaço na “profundidade”, pois se faz necessário espaço entre o usuário e o início da cuba e, na parte de trás, espaço para a torneira.
    Conversei com dois profissionais do ramo de granito que acharam o espaço insuficiente para torneira lá atrás, como é o convencional. Recebi sugestão de colocar a torneira na lateral, recuada. Essa ideia não me agradou muito, pois normalmente, torneiras ficam lá atrás. Tenho receio de não ser ergonômico e funcional no dia a dia, dificultando a lavagem de louças. Me sugeriram usar torneira gourmet, ideia que também não me agrada muito.
    Na verdade, em termos de design, duas torneiras me chamaram a atenção: a deca twin, com purificador, e a docol vitalis. A primeira tem modelo de bancada e de parede. Já a segunda, apenas de bancada, mas tem nível máximo de purificação no inmetro.
    Minhas alternativas seriam colocar uma cuba mais comum e menor, na faixa de 40 x 34, que me parece pequena e simples, colocar uma torneira na lateral, recuada, que tenho receio, ou colocar a deca twin, que pode ser colocada na parede.
    Quanto à Deca twin na parede, há o risco de vazamento no futuro (você acha um risco muito grande, com necessidade de quebrar a parede e o quarto, bancada, etc?). Ademais, essa torneira fica numa posição vertical e tenho e pretendo continuar com uma persiana (há uma janela acima da bancada, a 20 cm de altura) e tenho o receio de com a janela aberta e com vento a persiana ficar batendo na torneira.
    Poderia me auxiliar nessa decisão?
    O que você faria?
    Observações adicionais: o projeto da loja de móveis prevê bancada com 60 cm de móvel do lado esquerdo (gaveteiros embaixo), uma parte central com 80 cm, com duas portas embaixo e o espaço para a cuba, e, à esquerda, cerca de 50 cm. Na parte direita, pretendo colocar um filtro ou purificador. E preciso ter espaço para trabalho e escorredor, etc.
    Infelizmente, nas lojas onde passei, não há tantas opções de torneiras e cubas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *